Pesquisa personalizada

Ouça Estudos da Bíblia Agora:

Postagens Populares:

Áudio Livro Caminho a Cristo:


Pesquisa personalizada

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

STF retoma julgamento sobre ensino religioso e Moraes vota pela promoção da crença nas aulas

Segundo entendimento da procuradoria, o ensino religioso só pode ser oferecido se o conteúdo programático da disciplina consistir na exposição 'das doutrinas, práticas, histórias e dimensão social das diferentes religiões'



O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou nesta quinta-feira (31/08/2017) o julgamento ação na qual a Procuradoria-Geral da República (PGR) pede que a Corte reconheça que o ensino religioso nas escolas públicas deve ser de natureza não confessional, ou seja, sem que a pessoa seja representante de alguma igreja, no momento de repassar o conteúdo. 

Na prática, isso impede a admissão de professores que atuem como representantes de confissões religiosas. 

Na abertura da sessão de hoje, o ministro Alexandre de Moraes abriu divergência com o relator e votou pela possibilidade de o professor ser um representante da fé ou da religião que ele vá ensinar aos alunos. 

O julgamento começou nessa quarta-feira, e somente o relator, ministro Luís Roberto Barroso, votou para dar interpretação conforme a Constituição e declarar que o ensino religioso nas escolas públicas de todo o país deve ser de forma não confessional, com proibição de admissão de professores ligados a qualquer religião e com matrícula facultativa.

A ação da PGR foi proposta em 2010 pela então vice-procuradora Débora Duprat. Segundo entendimento da procuradoria, o ensino religioso só pode ser oferecido se o conteúdo programático da disciplina consistir na exposição “das doutrinas, práticas, histórias e dimensão social das diferentes religiões”, sem que o professor privilegie nennhum credo.

Na sessão de hoje os ministros começaram a proferir seus votos. Primeiro a falar depois do relator, o ministro Alexandre de Moraes, abriu divergência com Barroso. De acordo com o entendimento de Moraes, o Estado não pode interferir na fé das pessoas o direito a manifestação religiosa é uma garantia constitucional. 

“O ministro da Educação baixaria uma portaria com os dogmas a serem ensinados, em total desrespeito à liberdade religiosa. O Estado deve ser neutro, não pode escolher da religião A, B ou C, o que achar melhor, e dar sua posição, oferecendo ensino religioso estatal, com uma nova religião estatal confessional. Não é essa a ideia da Constituição”, disse. 

Para a procuradora, o ensino religioso no país aponta para a adoção do “ensino da religião católica”, fato que afronta o princípio constitucional da laicidade. O ensino religioso está previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e no Decreto 7.107/2010, acordo assinado entre o Brasil e o Vaticano para o ensino do tema.

Outro lado


Na sessão de ontem, o advogado Fernando Neves, representante da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), defendeu a obrigatoriedade do ensino religioso por estar previsto na Constituição.

Além disso, Neves argumentou que o poder público não pode impedir o cidadão de ter a opção de aprofundar os conceitos sobre sua fé.

“O ensino religioso não é catequese, não é proselitismo. É aprofundamento daquele que já escolheu aquela fé, por si ou por sua família. Os alunos são livres para frequentar”, argumentou.

A advogada-geral da União, Grace Mendonça, defendeu também o ensino religioso nas escolas públicas no formato atual. Para ela, ao prever expressamente a disciplina, a Constituição obriga o Estado a oferecê-la. Gracie argumentou que a oferta da disciplina nas escolas públicas fortalece a democracia, tornando-a mais inclusiva. Agência Brasil - Para Saber Mais - Clique Aqui

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Qual é a religião da Coreia do Norte?

Pyongyang já foi conhecida como a Jerusalém do Oriente. Hoje, quem entrar com uma Bíblia no país é preso

Norte-coreanos prestam reverência a uma estátua de Kim Il-Sung, que criou sua própria religião em Pyongyang (David Gittenfelder/AP/VEJA)

A capital da Coreia do NortePyongyang, já foi conhecida como a “Jerusalém do Oriente” até Kim Il Sung, o avô do ditador Kim Jong-un, tomar o poder.
Desde meados do século XIX, vários missionários americanos foram para a Coreia, que ainda era um único país, para tentar converter seus habitantes. Até então, eles seguiam o budismo, o confucionismo e o xamanismo. Além de levar a sua crença, os americanos também influenciaram bastante a educação, por meio de colégios religiosos, e a vida intelectual.
Ainda que os americanos tenham chegado primeiro em Seul, atual capital da Coreia do Sul, eles se deram melhor no norte do país, principalmente em Pyongyang, onde abriram várias igrejas.
Esses cristãos missionários tiveram um papel importantíssimo na Coreia, pois participaram ativamente dos movimentos de independência, depois que a península entrou sob domínio do Japão, em 1905.
Dos 33 integrantes do movimento de independência Primeiro de Março, dezesseis eram cristãos, sendo que dez deles eram do norte do país.
Nos anos 1940, quando uma guerra entre os países aliados contra o Eixo (Japão, Alemanha e Itália) era iminente, os Estados Unidos retiraram seus religiosos da Coreia dominada pelos japoneses.
Kim Il-Sung, o avô do atual ditador, é de uma família cristã, mas entendeu que precisava eliminar essa influência do cristianismo para governar soberano. Quando ele assumiu o poder nos anos 1940, com a ajuda da União Soviética, todas as religiões foram banidas, assim como em outros países socialistas. Templos e igrejas foram fechados. Livros sagrados foram destruídos.
Os cristãos americanos então foram perseguidos e amaldiçoados pela propaganda oficial. Eles passaram a ser vistos como símbolo do Ocidente e da influência externa. Entre os quase 1,5 milhão de refugiados que fugiram da recém-criada Coreia do Norte, muitos eram cristãos.
Em 1955, em um discurso público, Kim Il-Sung começou a propagandear sua própria ideologia, a juche. A julgar pelo seu caráter personalista, pela exigência de fidelidade total e pela execução de rituais, a juche constitui outra religião.
Kim Il Sung, que hoje aparece em 40 000 estátuas no país, é considerado como um ser divino e infalível. Mesmo depois de ter morrido, ele continua sendo considerado como o “eterno presidente” do país. Lá, os anos são contados a partir do seu nascimento. O ano de 2017, por exemplo, é o Juche 106, porque o avô Kim estaria fazendo 106 anos.
A narrativa oficial conta que, quando seu filho Kim Jong Il nasceu, em 1942, um arco-íris duplo apareceu no céu e uma nova estrela surgiu. É quase que uma reedição do nascimento de Jesus Cristo.
Todas as casas obrigatoriamente precisam ter uma foto de Kim Il Sung e de seu filho, Kim Jong-il. Patrulhas policiais costumam invadir a casa das pessoas para ver se a regra está sendo respeitada. Os retratos precisam estar sempre limpos e bem localizados. “Se um incêndio começa em um prédio, as pessoas devem mostrar a sua fidelidade correndo em direção para pegar os retratos”, disse um exilado norte-coreano para o livro Persecuted: de Global Assault on Christians, de Paul Marshall, Lela Gilbert e Nina Shea (Thomas Nelson, 2013). Também é preciso depositar flores em frente às estátuas de Kim Il-Sung no início de cada ano.
Para os que seguem à risca as normas governamentais, é prometida a vida eterna. Quem for pego rezando para outro deus, fora da linhagem sagrada oficial, ou for flagrado com uma Bíblia pode ser mandado para os campos de trabalhos forçados ou ser executado. Seus familiares também podem desaparecer e podem ser punidos por três gerações.
Impedidos de se reunir em igrejas, cristãos rezam sozinhos ou com alguns poucos familiares, secretamente em suas casas. 
Na constituição da Coreia do Norte, está escrito que a liberdade de religião é permitida. Pura mentira. Há cinco igrejas no país, mas elas existem apenas para enganar turistas. Não há padres e, portanto, não se pode dar a comunhão. O país é o que mais persegue cristãos em todo o mundo, segundo a ONG Open Doors. [Fonte: Veja.com]

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A Bíblia Ensina a Palavra de Deus


A PALAVRA DE DEUS
Como você se sente quando alguém lhe envia uma carta ou um e-mail? A primeira sensação é a de que você é importante e alguém se interessa por você. Melhor ainda quando essa mensagem traz conselhos, palavras de carinho e boas notícias. É muito bom receber uma mensagem assim.
Você sabia que Deus escreveu uma mensagem especial para você? A Bíblia sagrada é a carta de Deus mostrando o interesse que Ele tem na sua vitória e felicidade. Uma carta tão grande e especial que se transformou em um livro.
Você encontra, em cada linha, em cada verso, um pouco do amor de Deus. Alguém que se preocupa com seus estudos, trabalho, família, vida pessoal, sentimentos e também suas necessidades espirituais. Alguém que está preocupado com cada momento da sua vida.
Neste livro você encontra uma emocionante história de amor de alguém que nos criou, preserva nossa vida, nos salvou e que seguramente vai voltar para nos buscar. Você tem a história de como tudo começou, e na última parte, como tudo vai terminar. No Velho Testamento você encontra a história do povo de Deus. Já o novo apresenta a história de Jesus, que é o próprio Deus. Você pode encontrar os conselhos bíblicos do livro de Provérbios e as palavras de ânimo do livro dos Salmos. É um livro poderoso e maravilhoso. E mais do que isso, ele tem transformado vidas.
Esse livro não contém a palavra de Deus. É isso mesmo, ele não contém, ele é a Palavra de Deus. Deus fala através dele, em todas as suas páginas. Você não pode ficar escolhendo uma parte dele e dizendo: “ah, esse texto aqui Deus falou. Ah, mas este outro aqui não”. É preciso entender tudo o que “A Bíblia Ensina” para que você receba todo o amor, toda a orientação e todo o poder de Deus.
ESTUDANDO A BÍBLIA
1. Quem inspirou os escritores bíblicos? ll Pedro 1:21
“Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.”
2. Com o que podemos comparar a Bíblia? Salmo 119:105
“Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.”
4.O que a gente recebe quando estuda a Bíblia? II Timóteo 3:16
“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça.”
5.Que outras bênçãos você recebe quando estuda a Bíblia? Romanos 15:4
“Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que, pela constância e pela consolação provenientes das Escrituras, tenhamos esperança.”
6.Quanto tempo vai durar a Bíblia? Isaías 40:8
“Seca-se a erva, e murcha a flor; mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.”
E AGORA?
Depois de conhecer a Palavra de Deus, Ele espera que você:
1. Leia a Bíblia cada dia. Deuteronômio 17:19
“E o terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, e a guardar todas as palavras desta lei, e estes estatutos, a fim de os cumprir.”
2. Pesquise as verdades que ela apresenta. João 5:39
“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim.”
3. Aceite suas orientações com alegria. Jeremias 15:16
“Acharam-se as tuas palavras, e eu as comi; e as tuas palavras eram para mim o gozo e alegria do meu coração; pois levo o teu nome, ó Senhor Deus dos exércitos.”
4. Pratique o que ela ensina. Apocalipse 1:3
“Bem-aventurado aquele que lê e bem-aventurados os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.”

segunda-feira, 12 de junho de 2017

A Bíblia Ensina a Orar


ESTUDANDO A BÍBLIA
1) Como você pode se comunicar com Deus? Daniel 9:3
“Eu, pois, dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, e saco e cinza.”

2) O que é uma oração?
 I Samuel 1:10
“Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou muito.”
3) O que pode conseguir uma oração sincera? Tiago 5:16
“Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação.”
4) Em nome de quem você deve orar? João 14:13
“Tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.”
5) Atende Deus cada oração? Mateus 7:7-11
“Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á.
Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.
Ou qual dentre vós é o homem que, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra?
Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará uma serpente?
Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?”

6) Ao orar é preciso confiar.
 Então, o que é fé? Hebreus 11:1-6
“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.
Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.”
7) Como pode ser desenvolvida a fé? Romanos 10:17
“Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo.”

E AGORA?

Depois de conhecer o poder da oração com fé, Deus espera que você:
1. Ore várias vezes ao dia. Salmos 55:17
“De tarde, de manhã e ao meio-dia me queixarei e me lamentarei; e ele ouvirá a minha voz.”

2. Fale com Ele em particular.
 Mateus 6:6
“Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”
3. Peça coisas convenientes. Tiago 4:3
“Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.”
4. Peça com fé. Mateus 21:22
“E tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis.”

44% dos Brasileiros Seguem Mais de Uma Religião


A carioca Anelise Roque montou, em casa, um pequeno altar que reúne elementos de várias crenças - Antoni o Scorza

Em um altar num cantinho da casa da funcionária pública Anelise Roque, dividem espaço uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, outra de São Francisco de Assis, alguns cristais, um Buda e um Ganesha. Até Frida Kahlo e Maria Bonita foram ali colocadas — como representação do sagrado feminino. Católica até por volta dos 20 anos de idade, Anelise, hoje aos 32, considera-se muito religiosa, mas sem seguir uma doutrina específica. — Deixei de ser católica quando parou de fazer sentido para mim. Hoje, minha fé assimila elementos de várias religiões e figuras inspiradoras que não necessariamente têm a ver com religião. Eu me considero espiritualizada: acredito em Deus, oráculo, signo, no sagrado feminino — lista ela. — E acho que isso é geracional. Enquanto minha mãe e minha vó são muito católicas, por exemplo, conheço várias pessoas da minha idade que creem a seu próprio modo.

Esse cenário de fé múltipla é sinalizado em uma pesquisa inédita que será apresentada no XI Congresso de Medicina e Espiritualidade (Mednesp), realizado entre os dias 14 e 17 de junho, no Riocentro. O estudo, que avaliou o comportamento religioso e espiritual do brasileiro, revela que 44% das pessoas se consideram seguidoras de duas ou mais religiões, e 49% nasceram em uma religião diferente da que têm hoje. E o número de pessoas que se dizem espiritualistas é, pela primeira vez, significativo: se no Censo 2010 esse índice era de apenas 0,03% da população, na atual pesquisa chega a 4,4%.

Em relação a crenças, metade das pessoas entrevistadas acreditam em reencarnação. Mas ainda é maior o percentual das que acreditam em extraterrestres: 53%. A astrologia é defendida por 42% das pessoas, e 70% delas afirmaram já ter tido intuição pelo menos uma vez na vida.

Autor do estudo, o psiquiatra Mario Peres, pesquisador do Programa de Saúde, Espiritualidade e Religiosidade (ProSER) da Universidade de São Paulo (USP), destaca que os dados comprovam a fama de que o brasileiro tem um lado espiritual forte, e, em quase metade das vezes, pratica o sincretismo — mistura de diferentes cultos, com reinterpretações de seus elementos.

Um dos aspectos que mais chamaram a atenção do pesquisador foi a quantidade de pessoas que já tiveram experiências espirituais como ouvir (30%) ou ver (41%) pessoas mortas. — Esses índices são muito mais altos do que a taxa de prevalência de esquizofrenia na população, tanto brasileira quanto mundial, que é de 0,5%. Então temos que entender esse fenômeno como algo natural do ser humano, e não necessariamente ligado a algum problema de saúde mental — avalia Peres, que coletou dados de uma amostra de mil pessoas acima dos 18 anos para realizar a pesquisa.

O psiquiatra ressalta também que o desenvolvimento de uma espiritualidade, seja ela qual for, costuma ter um “efeito benéfico protetor” sobre a saúde física, social e mental do indivíduo. — É muito importante levar em conta a dimensão espiritual do paciente em qualquer tratamento. Sabemos, por meio de estudos científicos, que as pessoas superam melhor a depressão e a ansiedade, por exemplo, quando têm um lado religioso — destaca ele. — E não falamos aqui apenas de filiação religiosa. Esse efeito protetor pode ocorrer mesmo que a pessoa não tenha uma religião ou que tenha múltiplas religiões. O que faz a diferença é ela acreditar em algo e usar essa fé em prol do seu tratamento. Existe até um termo para designar isso: coping religioso. Significa utilizar a religião como forma de enfrentamento de um problema de saúde. Peres afirma que este é um aspecto já bastante estudado na medicina, especialmente nas áreas de oncologia e de cuidados paliativos.

Presidente do Congresso de Medicina e Espiritualidade, o fisiatra Luiz Felipe Guimarães sublinha o quão forte é a relação entre saúde e espiritualidade. Segundo ele, até a imunidade do indivíduo aumenta quando ele intensifica suas crenças em algo sobrenatural.
— Cada pessoa é o que é a partir de sua cabeça, e não do seu corpo. Quando a mente está tranquila, equilibrada, o corpo reage melhor. Observamos que pessoas com mais religiosidade têm, em geral, pressão arterial mais baixa, mais controle do diabetes e, quando elas vêm a ter problemas de saúde, tendem a lidar com eles de forma melhor — afirma Guimarães. — Além disso, a doença conecta as pessoas. Então é principalmente na hora da doença que elas buscam acreditar em algo e são capazes de combinar diferentes crenças em harmonia.

O cardiologista Cláudio Domênico, que será palestrante do congresso, afirma que a temática espiritual, antes tão rejeitada no meio acadêmico, está aos poucos entrando nos currículos das faculdades de medicina. — Cerca de 70% das doenças cardiovasculares têm como causa fatores comuns, como colesterol alto. Mas os 30% restantes vêm de hábitos negativos das pessoas, como ansiedade, desgosto, raiva. E isso está estreitamente ligado à espiritualidade — indica ele.

CARACTERÍSTICA CULTURAL DO PAÍS

Pesquisador do Instituto de Estudos da Religião (Iser), o sociólogo Clemir Fernandes destaca que a cultura brasileira é historicamente mais propensa à assimilação de diferentes credos do que à rejeição. — Muitos católicos e evangélicos assimilam práticas de culturas africanas e do espiritismo, mesmo que não se considerem seguidores dessas culturas. Conheço um pastor protestante que é também uma espécie de ogã do candomblé. Parece antagônico, mas isso é muito próprio da nossa formação brasileira — analisa.

Doutoranda em antropologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), Rosiane Rodrigues avalia que uma informação importante extraída da pesquisa é que o sincretismo religioso tem se fortalecido nos últimos anos, mesmo com o avanço do fundamentalismo religioso. — Desde a década de 1970, há um avanço das igrejas neopentecostais, que têm demonizado religiões de matriz africana e outros credos. E é interessante ver que, apesar disso, a mistura de crenças também cresce — diz Rosiane.

Veja infográfico: Clique Aqui

segunda-feira, 24 de abril de 2017

A Bíblia Ensina Que Deus Existe

Introdução:
Vamos imaginar que você coloque dez moedas de um centavo, marcadas de um a dez, em seu bolso e dê uma boa agitada. Em seguida, tente pegar cada uma na ordem, de um a dez, agitando mais uma vez o bolso sempre que for pegar a próxima.
Matematicamente a chance de pegar primeiro a moeda número um é de uma em dez; de pegar a um e a dois em seqüência é de uma em 100; de pegar a um, dois e três em seqüência é de uma em 1000 e assim por diante; sua chance de pegar todas as moedas, em seqüência, seria de uma em dez bilhões. Pelo mesmo raciocínio, são necessárias as mesmas condições para acreditar que Deus não existe, e que a vida na Terra aconteceu por acaso. A Terra gira em seu eixo 1.600 km por hora no Equador; se ela girasse 100 milhas por hora, nossos dias e noites seriam dez vezes mais longos e o sol provavelmente queimaria nossa vegetação de dia enquanto a noite longa gelaria qualquer broto que sobrevivesse.
O Sol tem uma temperatura de superfície de 12.200ºC, e a Terra está distante o suficiente para que ele esquente só o suportável ou necessário! Se o Sol desse somente metade de sua radiação atual, nós congelaríamos, e se desse muito mais, nos assaríamos.
A inclinação da Terra a um ângulo de 23 graus forma nossas estações; se a Terra não tivesse sido inclinada assim, vapores do oceano se moveriam de norte a sul, transformando o planeta em continentes de gelo.
Vamos imaginar que a lua fosse só 70.000 Km mais longe do que hoje. Nossas marés poderiam ser tão enormes que duas vezes por dia os continentes seriam cobertos de água; até mesmo as mais altas montanhas se encobririam.
Se a crosta da Terra fosse três metros mais grossa, não haveria oxigênio para a vida. Se o oceano fosse só três metros mais fundo o gás carbônico e o oxigênio seriam absorvidos e a vida vegetal não poderia existir.
Isso não deixa dúvida: Deus existe! E tem mais, esse mesmo Deus que cuida do universo, está preocupado com cada pessoa que Ele criou. Em outras palavras, você é especial para Ele. Por isso, é importante conhecer quem Ele é, como se apresenta, suas características e especialmente tudo aquilo que Ele faz para tornar sua vida mais feliz e vitoriosa.
ATIVIDADE - QUESTIONÁRIO:
ESTUDANDO A BÍBLIA - Pesquise na Bíblia e Responda:
1. Quantos deuses existem? Efésios 4:6
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos.
2. Qual é a natureza de Deus? João 4:24
Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.
3. Se preocupa Deus com os nossos problemas? Salmo 40:1-3
Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.
Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.
4. Quais são as três manifestações de Deus? Mateus 28:19
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.
5. Qual foi o papel de Deus na criação do universo? Gênesis 1:1
No princípio criou Deus os céus e a terra.
6. Algumas características de Deus:
a. É Espírito. João 4:24
Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.
b. É Eterno. Isaías 57:15
Porque assim diz o Alto e o Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo: Num alto e santo lugar habito, e também com o contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e para vivificar o coração dos contritos.
c. Não muda. Tiago 1:17
Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

d. É Perfeito. Mateus 5:48

Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.

e. É Sábio. I Coríntios 1:24

Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.
f. É Santo. Êxodo 15:11
Quem entre os deuses é como tu, ó Senhor? E quem é como tu poderoso em santidade, admirável em louvores, operando maravilhas?
g. É a Verdade. Jeremias 10:10
Mas o Senhor é o verdadeiro Deus; ele é o Deus vivo e o Rei eterno, ao seu furor estremece a terra, e as nações não podem suportar a sua indignação.
h. É Misericordioso. Salmo 86:15
Mas tu, Senhor, és um Deus compassivo e benigno, longânimo, e abundante em graça e em fidelidade.
7. Como se revela Deus?
a. Pela natureza. Salmo 19:1
Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
b. Pela Bíblia. Apocalipse 1:1
Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e, enviando-as pelo seu anjo, as notificou a seu servo João.
c. Por Jesus Cristo. João 14:6
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
8. Deus é nosso Pai:
a. Está sempre preocupado com nossos problemas. Salmo 46:1
Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

b. Nos suporta com Sua misericórdia. 
Jeremias 31:3
De longe o Senhor me apareceu, dizendo: Pois que com amor eterno te amei, também com benignidade te atraí.
c. Busca nos consolar sempre. II Coríntios 1:3
Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação.

d. Dá aquilo que temos falta.
 Filipenses 4:19
Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus.

E AGORA? 

O que Deus espera de nós?

Depois de conhecer melhor a Deus, Ele espera que você:
1. Respeite o Seu nome. Êxodo 20:7
Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.

2. Obedeça à vontade dEle. 
Atos 5:29
Respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Importa antes obedecer a Deus que aos homens.
3. O coloque em primeiro lugar. Mateus 6:33
Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
4. O ame de verdade. Mateus 22:37
Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento.

Supremo Tribunal russo proíbe Testemunhas de Jeová - Liberdade Religiosa Ameaçada


As Testemunhas de Jeová foram proibidas de atuar na Rússia e seus bens serão confiscados, após a decisão nesta quinta-feira do Supremo Tribunal, que considerou a organização religiosa como extremista.
Um líder russo das Testemunhas de Jeová, Iaroslav Sivoulski, declarou estar "chocado" com a decisão dos juízes e anunciou que a organização religiosa vai apelar.
"Não pensava que algo assim poderia acontecer na Rússia moderna, onde a Constituição garante a liberdade de religião", disse ele.
O ministério da Justiça russo havia apresentado uma ação no Supremo Tribunal considerando as Testemunhas de Jeová "uma ameaça para os direitos das pessoas, da ordem pública e da segurança pública".
O juiz Yury Ivanenko afirmou na sentença que a organização "deverá entregar à Federação russa suas propriedades".
"Nossos fiéis se encontram em uma posição muito incômoda. Correm o risco de ser levados ante a justiça", declarou Sivulski, que assegurou que os membros da organização continuarão se reunindo em segredo.
O grupo religioso afirma contar com 175.000 membros e 395 centros em todo o país, e já travou várias disputas com as autoridades russas nos últimos anos.
Em janeiro, o líder da organização na cidade de Dzerzhinsk foi multado por distribuir material considerado extremista pelas autoridades.
O governo russo dissolveu em 2004 um ramo da organização, uma decisão que a Corte Europeia de Direitos Humanos considerou em 2010 em violação aos direitos da religião e associação.
"Tememos que a lei contra o extremismo seja utilizada contra os fiéis que continuarem com suas reuniões para estudar a Bíblia", declarou à AFP Evgueni Kalinin, um membro da organização que estava na audiência do Tribunal.
Para a poderosa Igreja ortodoxa russa, as Testemunhas de Jeová são uma seita perigosa, devido à proibição de transfusões de sangue imposta aos seus membros, entre outras coisas.
A Igreja das Testemunhas de Jeová foi fundada em 1870 nos Estados Unidos por Charles Russel.

Se declaram cristãos e anunciam, através de campanhas incansáveis de porta em porta, a próxima chegada do Reino de Deus sobre a Terra. Mas não reconhecem a natureza divina de Cristo, o que provoca a rejeição de outras igrejas cristãs. [Fonte: Yahoo]

domingo, 26 de março de 2017

Plano de Aula de Ensino Religioso - Secretaria Municipal de Educação de Joinville, SC

Aula 07 - Período: 27/03/2017 a 31/03/2017
Ensino Religioso - ER / Prof. Jorge Schemes

1. Apresentação e reflexão:

* Data: __/__/2017
* Professor Jorge Schemes

* "Eu amo a Deus, o Senhor, porque Ele me ouve; Ele escuta as minhas orações. Ele ouve sempre que eu clamo pedindo socorro". Salmos 116:1-2.

2. Avaliação Oral:

* Leitura das respostas das atividades pelos alunos em sala de aula.
Feedback

3. Atividade:

* Escrever um texto no caderno de ER contando o que você mais gostou das aulas 01, 02, 03, 04, 05 de ER. Escreva um resumo de no mínimo três linhas para cada aula, total mínimo de 15 linhas. 

4. Recuperação paralela de conteúdos:

* Os alunos serão chamados três vezes para ler a mesma atividade em aulas diferentes:
* Primeira chamada = 10 pontos.
* Segunda chamada = 07 pontos.
* Terceira chamada = 05 pontos.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Plano de Aula de Ensino Religioso - Secretaria Municipal de Educação de Joinville, SC.

Aula 06 - Período: 20/03/2017 a 24/03/2017
Ensino Religioso - ER / Prof. Jorge Schemes

1. Apresentação:

* Data: __/__/2017

2. Socialização e Avaliação Oral:

* O professor fará uma breve recuperação de conteúdos das aulas 01, 02, 03, 04, 05.
* Explicação das atividades feitas no caderno de ER das aulas 01, 02, 03, 04, 05.
* Leitura das respostas pelos alunos em sala de aula.
Feedback

3. Registro das notas no diário de classe:

* Anotações e observações feitas pelo professor.

4. Recuperação paralela de conteúdos:

* Os alunos serão chamados três vezes para ler a mesma atividade em aulas diferentes:
* Primeira chamada = 10 pontos.
* Segunda chamada = 07 pontos.
* Terceira chamada = 05 pontos.


Livro Gratuito em PDF - Baixe Agora!


Pesquisa personalizada

Filmes Sugeridos: